quinta-feira, 16 de outubro de 2014

O BOM SEMEADOR!





A PARÁBOLA DO BOM SEMEADOR

No mesmo dia, tendo Jesus saído de casa, sentou-se à beira do mar;
e reuniram-se a ele grandes multidões, de modo que entrou num barco, e se sentou; e todo o povo estava em pé na praia.
E falou-lhes muitas coisas por parábolas, dizendo: Eis que o semeador saiu a semear.
E quando semeava, uma parte da semente caiu à beira do caminho, e vieram as aves e comeram.
E outra parte caiu em lugares pedregosos, onde não havia muita terra: e logo nasceu, porque não tinha terra profunda;
mas, saindo o sol, queimou-se e, por não ter raiz, secou-se.
E outra caiu entre espinhos; e os espinhos cresceram e a sufocaram.
Mas outra caiu em boa terra, e dava fruto, um a cem, outro a sessenta e outro a trinta por um.
Quem tem ouvidos, ouça.
E chegando-se a ele os discípulos, perguntaram-lhe: Por que lhes falas por parábolas?
Respondeu-lhes Jesus: Porque a vós é dado conhecer os mistérios do reino dos céus, mas a eles não lhes é dado;
pois ao que tem, dar-se-lhe-á, e terá em abundância; mas ao que não tem, até aquilo que tem lhe será tirado.
Por isso lhes falo por parábolas; porque eles, vendo, não veem; e ouvindo, não ouvem nem entendem.
E neles se cumpre a profecia de Isaías, que diz: Ouvindo, ouvireis, e de maneira alguma entendereis; e, vendo, vereis, e de maneira alguma percebereis.
Porque o coração deste povo se endureceu, e com os ouvidos ouviram tardiamente, e fecharam os olhos, para que não vejam com os olhos, nem ouçam com os ouvidos, nem entendam com o coração, nem se convertam, e eu os cure.
Mas bem-aventurados os vossos olhos, porque veem, e os vossos ouvidos, porque ouvem.
Pois, em verdade vos digo que muitos profetas e justos desejaram ver o que vedes, e não o viram; e ouvir o que ouvis, e não o ouviram.
Ouvi, pois, vós a parábola do semeador.
A todo o que ouve a palavra do reino e não a entende, vem o Maligno e arrebata o que lhe foi semeado no coração; este é o que foi semeado à beira do caminho.
E o que foi semeado nos lugares pedregosos, este é o que ouve a palavra, e logo a recebe com alegria;
mas não tem raiz em si mesmo, antes é de pouca duração; e sobrevindo a angústia e a perseguição por causa da palavra, logo se escandaliza.
E o que foi semeado entre os espinhos, este é o que ouve a palavra; mas os cuidados deste mundo e a sedução das riquezas sufocam a palavra, e ela fica infrutífera.
Mas o que foi semeado em boa terra, este é o que ouve a palavra, e a entende; e dá fruto, e um produz cem, outro sessenta, e outro trinta.


UM BEIJO BEM GRANDE EM SEU LINDO CORAÇÃO. EU TE AMO!

PASTORA GRAÇA.






FORTE ABRAÇO  AOS LEITORES DO BRASIL,ESTADOS UNIDOS,RÚSSIA,UCRÂNIA,ALEMANHA,ARGENTINA,CABO VERDE,MALÁSIA,HOLANDA,SÉRVIA,SUÍÇA,REINO UNIDO,LETÔNIA,FRANÇA,GUIANA FRANCESA, ITÁLIA,TAILÂNDIA,FINLÂNDIA, TUNÍSIA, POLÔNIA, CHINA,CORÉIA DO SUL,PORTUGAL,ANGOLA, JAPÃO,ÍNDIA, PORTO RICO,VENEZUELA E OUTROS.
PASTORA GRAÇA SANTOS BARROS
MEU E-MAIL: grasanbarros@gmail.com